Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘amazon’

Em tempos de vacas magras, vale a pena fazer parcerias para aumentar seus recursos. 

A Biblioteca Pública de Nova York lançou um programa de parceria com algumas livrarias que devolve em créditos para a biblioteca uma porcentagem das vendas de livros eletrônicos que forem feitas através do seu site. É simples: você consulta um livro no catálogo, e na própria página, encontra um link para comprá-lo, caso tenha interesse.

Lá, isso funciona porque: 1) As bibliotecas públicas são altamente utilizadas; 2) A cultura de livros eletrônicos já está bem desenvolvida; e 3) O custo de acesso aos aparelhos de leitura é muito mais acessível.

Veja aqui a página do programa WIN da NYPL. 

Read Full Post »

Hoje tentei emprestar um livro para o Kindle no site da biblioteca pública de NY e, sem muita surpresa, descobri que a maior parte dos títulos já está emprestada e com lista de espera. Não dá pra negar que a iniciativa fez sucesso entre os usuários.

O site de e-books da NYPL (http://ebooks.nypl.org) não é muito elaborado. Você pode navegar por tipo de suporte (Kindle, ePub, audiolivro, domínio público) ou por categorias, fazer buscas simples, e organizar as obras por título, autor, popularidade, ou data de inclusão. A classificação por categoria tem algumas falhas (série Crepúsculo em Business?), mas ajuda a ter uma idéia do que há no acervo, que não é pequeno. Só para Kindle, são mais de 15.000 títulos.

Afinal, já que se tratava de testar o sistema, acabei escolhendo o primeiro livro disponível da categoria de Negócios, ordenada por popularidade, e depois de uma longa série de clicks, voilà! Meu primeiro empréstimo de livro eletrônico para Kindle funcionou.

Se quiser saber qual é o título, dê uma olhada no meu twitter (@deiafix).

As instruções para emprestar livros para o Kindle pela biblioteca pública de NY estão em: http://www.nypl.org/blog/2011/09/22/library-books-kindle.

Detalhe: eu tenho uma carteirinha da NYPL porque já morei em NY. Teoricamente, é necessário comprovar residência na cidade para fazer sua carteirinha, mas lendo as instruções no site, vejo que há pelo menos uma maneira fácil de que qualquer pessoa possa fazer uma na sua próxima visita a NY…

Read Full Post »

Na semana passada, foi amplamente anunciada e discutida na mídia norte-americana a parceria da Amazon com as bibliotecas públicas para empréstimo de livros eletrônicos para o Kindle. Apesar dos muitos questionamentos, em geral isso tende a ser visto como muito positivo tanto pelas bibliotecas como, principalmente, pelos usuários.

“Eu era uma dessas pessoas que dizia que nunca leria um livro em um computador porque você não pode ler na cama. E eu costumava levar 3 ou 4 livros quando eu viajava. Agora, eu posso colocar 4 ou 5 livros no iPad e 80% do que eu leio são e-books.”

Essa frase é da Brenda Brown, chefe da Chandler Library, em Phoenix, mas bem poderia ser minha, trocando os 80 por… 50, talvez. Desde que comprei um iPad, minha visão sobre livros eletrônicos mudou substancialmente. E depois de ter lido inteiramente no Books (o aplicativo para e-books do iPad) o terceiro volume da serie Millenium (“The girl who kicked the hornet’s nest”), de Stieg Larsson, um calhamaço que no formato de livro de bolso ultrapassa as 700 páginas, tive que me render à praticidade e comodidade desses dispositivos.

Para completar, baixei o app da Kindle no iPad e fiquei maravilhada de que a assinatura anual da revista Harvard Business Review via Kindle custa aproximadamente 10 vezes menos do que a assinatura online pelo site.

O próximo passo? Usar minha carteirinha de sócia da New York Public Library para emprestar livros eletrônicos para o Kindle.

Fonte: “E-books push Phoenix-area libraries into a new era”
http://tucsoncitizen.com/arizona-news/2011/10/01/e-books-push-phoenix-area-libraries-into-a-new-era/

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: